Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

A Vida Dá Voltas e Voltas

   Escrevi aqui há cerca de dois dias pela última vez e parece-me ter sido há um século atrás porque entretanto a vida deu uma volta de 180 graus. Bem, na verdade ainda não mudou quase nada mas avizinham-se tempos de grandes viragens!

   Começando pelo mais óbvio: acabo de ser oficialmente Mestre em Medicina Veterinária, ao fim de seis anos de curso, muitas noites mal dormidas, stress, lágrimas, momentos de desespero mas, acima de tudo, seis anos que foram provavelmente os melhores da minha vida (cinco vá, este último ano foi terrível desde que cheguei dos States) e dos quais guardo memórias absolutamente incríveis. Continuo a afirmar e sem dúvida absolutamente alguma que Medicina Veterinária deve ser dos cursos mais engraçados e apaixonantes de se tirar. Nunca teria obviamente conseguido sem a ajuda incondicional dos meus pais e dos meus avós, nem sem o apoio das amigas de sempre e também daquelas que fiz ao longo do curso. Por mais diferentes que os nosso percursos venham a ser, espero que estejam sempre presentes na minha vida e eu na vossa! 

   Em segundo lugar, ontem fui fazer o meu último treino longo para a maratona. 35 km era o objectivo, apesar do plano de treinos me indicar 32. Como sempre, saí de casa às 6h da manhã, noite cerrada, enquanto grande parte da cidade ainda dormia. Quando cheguei a Belém, parei por uns minutos para contemplar a vista. Amanhecia devagarinho e o céu tinha uma tonalidade rosada lindíssima. Apanhei a ponte 25 de Abril naquele cenário e acabei por colocar uma fotografia no Instagram com a legenda "I belive pink skies mean good fortune", a pensar na defesa da tese no dia seguinte. Prossegui a corrida e lá fiz os 35 km a um ritmo muito bom, indicador de que estou mais do que pronta para fazer esta maratona em menos de 4 horas.

   Julgo que alguém lá em cima deve ter visto a minha foto com legenda no instagram porque passadas algumas horas recebo um email muito importante. Passo a explicar: há cerca de um mês atrás, vi um anúncio no Facebook de um hospital em Cannes que estava a aceitar candidaturas para um internato de um ano. Enviei o meu currículo na desportiva e eu acho que gostaram muito do facto de eu falar várias línguas. Quiseram agendar entrevista por Skype. Entretanto, no dia da entrevista, a Amora estava muito pior da coluna e tive que marcar uma consulta de urgência de neurologia. Pediram-me para estar no hospital até às 12h mas eu tinha a entrevista marcada para as 11h/11h30. Essa meia hora passou sem qualquer contacto da parte do pessoal de Cannes e eu desisti de esperar porque naquele momento só me interessava que a minha cadela não estivesse a sofrer. Entretanto já estava no carro com ela e vi que me tinham tentado ligar. Conclusão: acabei por fazer a entrevista à pressa dentro do carro, de telemóvel na mão, com a cadela aflita no banco de trás, lavada em lágrimas por ela estar tão mal, e a pensar "por favor despachem-se que eu tenho uma emergência aqui". E pronto Rita, esquece lá isso que isto foi uma desgraça e não vais voltar a ser contactada...

   Qual o meu espanto ontem quando abro o email e tenho uma mensagem do hospital a dizer que querem que comece o internato no dia 25 de Outubro mas que querem que eu vá mais cedo para me ambientar! Portanto, mais três semanas em Portugal, objectivo da maratona a concluir no dia 15, aniversário no dia 19 (faço questão de o passar aqui porque já no ano passado estava nos Estados Unidos e foi bastante triste) e siga para Cannes no dia 20 pela fresca para lá estar no dia 21! 

   Ou seja, numa questão de dois dias, tudo mudou! Vou deixar o meu emprego na Margem Sul e rumar à aventura como sempre planeei. Na verdade, ir trabalhar para o estrangeiro, nem que fosse por uns tempos, e progredir na carreira sempre foram os meus principais objectivos de vida e foi isso que fiz questão de escrever na carta que enderecei a mim mesma há dois anos e meio atrás (aqui!) e que apenas abrirei daqui a oito. De certa forma, foi melhor que as coisas tenham sido como foram a nível pessoal pois sei que se ficasse em Portugal estagnada por causa de um homem não me perdoaria ao abrir a carta em 2025 e ao perceber que tinha desiludido a Rita do passado.

   Depois deste ano de internato, logo se vê o que o futuro reserva. Não gosto de fazer planos a longo prazo, vou onde a minha determinação me levar e sei que, como boa balança que sou, as minhas metas e decisões mudam muito ao longo do tempo, por isso não vale a pena dizer já que quero isto e aquilo após este ano em França.

   Espero que continuem desse lado a acompanhar as minhas aventuras e obrigada por todo o vosso apoio! 

IMG_20170927_094252_949.jpg

"I believe pink skies mean good fortune". And so did they!

2 comentários

Comentar post