Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Justiça pela morte do Simba

Não há direiro. Não se faz. Não se mata assim a tiro de caçadeira um cão dos vizinhos que nunca fez mal a uma mosca. Não se pega na arma e se assassina o melhor amigo de pessoas que nos cumprimentam todos os dias e com quem até nos damos bem. Não está certo. Mais do que ser um crime, mais do que ser punível por lei, é algo que revela toda e qualquer ausência de ética e moral. Não se dá um tiro num Leão da Rodésia e fica-se a vê-lo a caminhar para os braços da dona já moribundo e morrer nos seus braços. Não, isso não se faz. É um crime hediondo, e no entanto, aconteceu há cerca de dois dias na zona de Idanha-a-Nova. Espero que seja feita justiça pela morte do Simba. Por ele, e por tantos outros casos semelhantes que não têm o mesmo mediatismo, por favor assinem a petição: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76386 

 

 

 

transferir.jpg

 

I'm coming for you, Uncle Sam!

   Há já algum tempo meti na cabeça que queria ter um diploma de inglês, pois é sempre uma mais valia na nossa vida e é uma ferramenta que podemos sacar quando vamos trabalhar lá para fora, ou até mesmo cá em Portugal. Uma amiga e eu andámos a consultar algumas escolas, mas, para além de extremamente caras, os horários não eram nada apelativos para quem tem aulas de segunda a sexta das oito às cinco (pelo menos).

   Na semana passada fomos ao Language Craft, que tem cursos específicos de preparação para diplomas que são leccionados aos sábados, e ontem acabei por ir fazer uma entrevista que consistiu numa parte escrita e noutra oral. Ia eu extremamente nervosa para a segunda e afinal corre-me muitíssimo bem, até melhor do que a escrita, onde, cheguei hoje à conclusão, errei uma coisita ou outra.

   O senhor ficou de enviar os resultados entre ontem e esta manhã, e até há uns minutos nada. Passei o dia a arrancar cabelos e sem receber feedback nenhum. Liguei uma vez e nada. Liguei agora outra vez e finalmente....nível C1.1!!! Significa que estou apta a frequentar o curso de preparação ao Certificate in Advanced English. Já estive a ver exercícios de preparação e é um exame bem difícil, exige um grande conhecimento da língua, mesmo em termos de expressões, provérbios, etc. Oh well, never mind. I'm coming for you, Uncle Sam!!

Product-Photos-1655.jpg

 

Já Bronzeei!

   Eu sou daquelas pessoas que ninguém suporta que bronzeia numa hora, em Março, o que muitos estão o Verão inteiro para conseguir. Sabem aquela expressão de "trabalhar para o bronze"? Para mim, isso praticamente não existe, ele vem ter comigo, ainda a Primavera ainda não teve início, e bastaram duas horinhas de sol para ficar logo mais escura.

   Amanhã já tenho marca do biquini para mostrar ao mundo muahahah.

coco-brown-2.jpg

 Vá, ainda não chegou à imagem 3 mas se no próximo fim de semana o tempo estiver assim, vão achar que voltei de umas férias no Brasil.

Eclipse Solar

   Eu gosto imenso de astronomia, e é algo que já vem de criança. Sempre tive curiosidade em saber o nome de todas as constelações, em entender as fases da lua, e observar fenómenos daqueles que só acontecem de muitos em muitos anos, e, por quase uma década, tive um telescópio que nem era mau de todo (vendi-o no ano passado). Cheguei a adquirir alguns livros sobre o assunto mas nunca me debrucei a fundo sobre a questão, até porque a astronomia é algo que acaba por incluir matemáticas e físicas, e nesse campo já eu não gosto de me intrometer.

   No entanto, sempre que existem chuvas de estrelas ou eclipses solares ou lunares, lá estou eu de olhos postos no céu, a gravar o momento na minha cabeça. Pois bem, parece que no dia 20 de Março vai ocorrer um eclipse total do sol, sendo que em Portugal será apenas parcial. O fenómeno terá lugar entre as 8 e as 10 horas da manhã, e em Lisboa, apenas 73% da luz solar deixará de passar às 9h01, hora em que o eclipse atingirá o seu expoente máximo na capital.

   Podem consultar informações sobre outras cidades de Portugal continental e ilhas aqui: http://oal.ul.pt/efemerides-do-eclipse-solar-20-marco/

solar-eclipse.jpg

Uma Carta a Mim Própria

   Há coisa de dois ou três anos, vi uma bucket list na net na qual a pessoa incluía escrever uma carta a si própria, para abrir num futuro longínquo, e decidi roubar a ideia. Mas entretanto o tempo foi passando e fui deixando esse objectivo para trás, sem saber muito bem o que haveria de escrever numa carta tão pessoal para uma Rita mais velha e madura. Ainda pensei se haveria de escrever a computador ou à mão, acabando por escolher a primeira opção na quarta feira, num laivo de inspiração que se me tocou momentâneamente o espírito.

   E lá escrevi essa carta a mim própria, fechei-a dentro de um envelope bem selado, onde se pode ler "Não abrir antes de 19/10/2025, ou seja, data em que completarei 32 anos. O conteúdo do texto vai mais no sentido de confrontar a Rita do futuro com os sonhos que esta Rita do presente tem, para confirmar que ela realmente foi atrás deles e os viveu como pretendido. Espero não ficar profundamente desiludida quando abrir o envelope dentro de dez anos, os meus sonhos são mesmo grandes, quase não cabem em mim, e rezo para que nesse dia possa ter orgulho do caminho todo que percorri ao longo do tempo e força para continuar sempre a subir as escadas até lá acima, passinho a passinho. É um risco que corro, e ainda hesitei em escrever a carta por esse motivo. Mesmo assim fi-lo, e agora está bem guardadinha, à espera que o tempo passe, sendo que não guardei cópia nenhuma em qualquer outro lado, pelo que espero que não se perca.

Letter-007.jpg

Eu sonho

   Hoje ia alguém na rua a falar com o "sotaque madeirense" e bateu logo uma saudade imensa! Há uns meses, escrevi o texto que hoje aqui deixo. Faltava um mês para matar todas essas saudades mas mal sabia eu que nesse ano ia avistar o lobo marinho, que o xôr Mário já não trabalhava no Gavião Novo e que o gato com insuficiência renal do hotel já não estava lá. Este ano, tenho de fazer uma ou outra modificação ao texto mas cá fica o do ano passado.

 

Eu sonho com o fazer das malas. Sonho com o telefonema para a estação de táxis de madrugada e a chegada ao aeroporto ainda o sol não nasceu. Sonho com a aterragem, sempre deslumbrante. Sonho com o sr. Adriano, que sempre nos vai buscar. Sonho com o sotaque que tantos estranham e que eu adoro. Sonho com os furados que não acabam. Sonho com o primeiro vislumbre do porto do Funchal. Sonho com a vista da varanda. Sonho com o primeiro mergulho e sim, continuo a sonhar com um possível avistamento de um lobo marinho. Sonho com o sr. da Casa Madeirense e também com o do Gavião Novo, o “xôr Mário”. Sonho com o sabor das lapas. Sonho com os jantares na varanda, a ver o Lobo Marinho chegar do Porto Santo. Sonho com o nascer do sol para lá das colinas. Sonho com as levadas com os homens da família. Sonho com as caminhadas pela fresca no passeio marítimo. Sonho com as idas ao Pingo Doce para comprar brioches e iogurtes. Sonho com o barco dos mergulhadores a chegar. Sonho com os passeios pela marina. Sonho com a ida ao restaurante do Estreito só para dançar o Bailinho da Madeira com o rancho. Sonho com o Jardim Tropical, o do Monte, o das Orquídeas. Sonho com os cruzeiros que todos os dias chegam e partem. Sonho com o cafézinho no Golden Gate. Sonho com o gato com IRC do hotel. Sonho com as fotografias todas que vou tirar. Sonho com a praia da Laje e a sua areia preta e grossa e as suas ondas poderosas. Sonho com as portas pintadas da rua de Santa Maria. Sonho com a simpatia das pessoas e a boa disposição dos estrangeiros. Sonho com o casal francês amigo do meu pai. Sonho com as corridas até à piscina depois de um banho no mar. Sonho com o rochedo. Sonho com as moedas todas que vou encontrar por entre as rochas. Sonho com o jacuzzi. Sonho com o melhor arroz de lapas do mundo, que vem a acompanhar o melhor peixe espada do mundo, no Brisa Mar. Sonho com almoços na piscina. Sonho com manhãs tranquilas de leitura junto à água. Sonho com tardes relaxantes no quarto. Sonho com o sofá-cama, que já se torna tão pequeno para dois adultos. Sonho com as modificações que possam ter feito no quarto. Sonho com o cheiro dos fatos de mergulho. Sonho com o adormecer ao som das ondas. Sonho com o aroma intenso da maresia. Sonho com os catamarãs a passarem. Sonho com os Neros do Garajau e o Peixe Porco com os seus dentes afiados. Sonho com gelados ao fim da tarde. Sonho com risos, sorrisos e muita felicidade. Sonho com o paraíso. Sonho com a Madeira. Falta um mês.

Já me vou queixar

   "Um dia, rebentei o estômago de um pónei" foi a frase mais hilariante que ouvi este ano e foi proferida pelo professor de Patologia e Clínica Médica de Equinos na aula teórica de hoje. Escusado será dizer que, apesar de apostar que não teve piada nenhuma quando aconteceu, todos nós desatámos à gargalhada e ainda agora enquanto escrevo estas linhas me estou a rir que nem uma parvinha.

   Nos entretantos tive 3 horas de Fisioterapia, uma opcional que escolhi a pensar que ia ser leve e divertida, apesar de estar ciente de que envolve alguns conhecimentos de neurologia, anatomia e ortopedia. Qual quê! Aquilo é quase tudo só neurologia, saí daquelas três horas como se me tivesse passado um camião por cima. Mais engraçado do que estar a ouvir a senhora a gritar durante 180 minutos sobre motoneurónios inferiores e superiores, só mesmo a avaliação da cadeira. Pronto, um dia de aulas mais a sério e eu já me estou a queixar  Mas vá, no fundo no fundo, foi um dia bonzinho, repleto de novas aprendizagens, e até tive a melhor saída de cavalos de sempre!

trust-me-i-m-a-veterinarian-3.png

 (Quase)

How Long Will I Love You

Letra "How Long Will I Love You", Ellie Goulding. Peço desculpa por qualquer erro que possa existir no texto, o meu inglês não é perfeito.

 

How long will I love you? It’s the question I’ve been asking myself for so long now. Too long, actually. Days have gone by, weeks turned into months, springs and summers gave place to autumns and cold winters but my love for you didn’t cease to increase. There’s not a day that goes by without me thinking about us. Together, we’d have potential to rule the world, to spread happiness and joy all around us, to help each other to go further, to beat the system, to go behind the horizon that limits us right now.

How long will I love you
As long as stars are above you
And longer if I can
How long will I need you
As long as the seasons need to
Follow their plan.

If only I had seen you the way I see you now, when we first met. If only I had the courage to turn the tables, to fight for you, to change this monotonous life I’m living right now, maybe things would be different.

How long will I be with you
As long as the sea is bound to
Wash up on the sand.

You see, I never really thought I was good enough for you, let alone be a part of your world. But a woman can dream, right? It’s just that…dreaming is sometimes so painful that I just stick to my own poor reality and carry on.

How long will I want you
As long as you want me to
And longer by far
How long will I hold you
As long as your father told you
As long as you can.

I know you’re older than me, but I’m pleased to say I’ve watched you grow and evolve for quite a few years now, and I must say it has been a pleasure, although it is sometimes torture too. I could almost bet my life on how you know how I feel. At least, you can’t ignore the things I’ve done for you in the past.

How long will I give to you
As long as I live through you
However long you say.

But life keeps moving forward, and those months will turn into years, and it’s not going to be long enough now before we go our separate ways, like we always do in the end. Everyone has its own path, there’s no point in believing we’ll be all together in the end. But still, how long will I love you?

How long will I love you
As long as stars are above you
And longer if I may.

Pág. 3/3