Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Invicta #3

Com um belo passeio pela rua de Santa Catarina e suas lojas pela manhã e uma longa caminhada até ao Museu e Jardins de Serralves à tarde, mais um dia se passou no Porto. Como cereja no topo do bolo, a D'Bandada NOS começa daqui a nada com dezenas de concertos gratuitos espalhados um pouco por toda a cidade. Mais 48 horas e estou de regresso à capital.

20150912_105700.jpg

20150912_112523.jpg

20150912_152811.jpg

20150912_154746.jpg

20150912_161718.jpg

Os Cães do Pavlov

Todas as noites, por volta das 22h, oferecem um shot ao pessoal que está hospedado no hostel. É ver os meninos todos a levantarem-se de olhos a brilhar e aos pulinhos sempre que a mesma música anuncia o evento e uma pessoa do staff agita uma campainha. É que faz mesmo lembrar as experiências do Pavlov!

Então e o estágio?

Como já referi anteriormente, há uns dias escrevi um texto sobre o estágio mas este acabou por se apagar quando a Internet morreu. Hoje posso dar um feedback melhor, visto já ter passado seis dias no Hospital Veterinário do Porto. A experiência tem sido positiva, de uma forma geral. Assisto a TACs, que era coisa que nunca tinha visto na vida, mandam-me tirar radiografias sozinha (eu que sentia um défice enorme na prática da imagiologia já estou uma profissional a mexer na máquina e a posicionar os animais) e também já vi cirurgias que nunca tinha visto. No entanto, desde o primeiro dia que achei que o hospital tinha pessoal a mais para a casuística. Juro que são pelo menos dez assistentes de veterinária e dez estagiários. E elas acabam por fazer a maior parte das medicações, limpezas, às vezes até mudanças de catéteres, que eram tarefas que eu estava habituada a fazer em São Bento. Acabam por existir alguns tempos mortos que me deixam um pouco aborrecida. Afinal, vim para o Porto para pôr as mãos na massa e não simplesmente para observar com as mãos nos bolsos. Para juntar à festa, recebi a notícia de que os estágios em São Bento acabaram devido às faltas de inúmeras pessoas. Confesso que fiquei muito triste com a notícia, aquele hospital já fazia parte da minha vida e eu adorava trabalhar lá com aqueles excelentes profissionais. Aprendi imenso fazendo apenas um dia por mês durante este ano que passou e, tendo em conta o que se passa neste hospital onde estou a estagiar agora, tenho um pouco de receio de não encontrar outro sítio onde me dêem liberdade para mexer, fazer e aprender como ali aconteceu. Hei-de pensar nalgum sítio para onde ir durante este 5o e último ano. Mas por enquanto fica a tristeza de um ciclo que se fecha e a comichão de que estas duas semanas não estão a corresponder na totalidade às espectativas.

...

Isto de se vir para uma cidade onde não se conhece nada nem ninguém, por mais breve que a estadia possa parecer, tem que se lhe diga. Primeiro é o medo de não saber o que se vai encontrar, especialmente quando não se vai fazer turismo. São as saudades de casa e da família, a falta de ter um belo jantar na mesa e a ausência de alguém a quem contar as peripécias do dia a dia. É a solidão, o cansaço, a dúvida, a insegurança. Mas ultrapassadas todas essas coisas, vem a melhor parte. O sentimento de independência, a confiança no futuro, o aproveitar todos os cantos e encantos de uma nova cidade, a certeza de que vai ficar tudo bem e de que nos estamos a adaptar lindamente. Então quando vais para o "trabalho" a dançar ao som da música que vai tocando aos teus ouvidos e regressas 12 horas depois com um sorriso enorme no rosto, aí sim, tens a certeza de que consegues, e de que é isto que queres fazer para o resto da vida.

Maldita internet

Ontem escrevi um texto bastante grande sobre o estágio que estou a fazer mas depois a Internet foi ao ar e acabei por o perder. Hoje passei só por aqui para reclamar.

20150831_195944.jpg

 

20150902_192301.jpg

 

Pág. 2/2