Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Estou a Ficar Velha

    Sempre fui menina para acampar à porta de recintos e outras coisas que tais para ver os meus ídolos de perto, para ficar na primeira fila ou simplesmente para ter um lugar melhor. Desde os treze anos de idade que tenho vindo a aperfeiçoar esta técnica de esperar horas e horas ao frio, à chuva ou à torreira do sol, com mais ou menos fome, reprimindo os sinais de emergência que a minha bexiga vai lançando, só para me manter no mesmo lugar. A última vez que isto aconteceu foi na passagem de ano em Times Square. Arrependo-me mil e uma vezes de o fazer enquanto espero mas uma vez que as portas se abrem e dou por mim à frente do palco, sou invadida pela sensação de ser capaz de voltar a fazer tudo novamente no dia seguinte.

   Pois bem que os actores da série The Walking Dead vêm até Lisboa amanhã não sei bem fazer o quê para além de dar autógrafos e tirar fotos com os fãs porque a FOX tem mantido um enorme secretismo em redor do evento. Acontece que eu sou fã da série desde o primeiro minuto do primeiro episódio e todas as semanas a acompanho religiosamente. É assim série para estar em número dois na minha lista, depois de Grey's Anatomy e antes de Game of Thrones. E se ao início estava numa de "ya, 'bora acampar à porta do teatro Tivoli, quem já acampou durante três dias há uns anos (já lá vão uns nove) agora aguenta doze horas na fila", agora ando a hesitar. O tempo vai estar bom e é o meu dia de folga. Será que o quero mesmo passar sozinha numa espera interminável? Não seria melhor passar tempo com as minhas cadelas, ir até à beira rio e correr uns quilómetros enquanto o sol se põe, escrever mais um pouco da tese, dormir decentemente? É o dilema da semana e tenho mais umas horas para decidir. Acho que estou a ficar velha para estas coisas...

16999252_10158301395470300_3481747089401822307_n.j

Seguimos Juntos!

   Ontem, pelas 9h10 da manhã, já me encontrava na fila para votar nas eleições sportinguistas. Se já não havia grandes dúvidas em relação a em quem votar, estas foram-se dissipando ao longos das últimas semanas, depois de acompanhar o percurso dos dois candidatos nas televisões e de assistir ao debate entre ambos. E parece que também assim foi para a grande maioria (quase 90%) dos Sportinguistas. Hoje anda muita dor de cotovelo por aí porque a união faz a força e esta família segue junta e unida, rumo ao objectivo principal, que é o Campeonato. Parabéns ao nosso incansável Presidente, Bruno de Carvalho! Que venham muitos mais anos de verdade desportiva ;)

Presidente_Bruno_de_Carvalho.jpg

This is Us - O Fenómeno

   A série "This is Us" é o novo fenómeno nos Estados Unidos e está também a ganhar muitos fãs aqui em Portugal. É uma série que acompanha uma família de trigémeos (não são bem trigémeos mas já explico melhor) e que viaja entre o passado e o presente. Jack e Rebecca são um casal apaixonado que vive os primeiros anos de casado no final dos anos setenta. Quando descobrem que vão ter trigémeos, a vida deles muda para sempre e cada dia se transforma numa aventura. Na verdade, eles acabam por não ter três crianças porque uma delas morre durante o parto mas nessa mesma noite um homem abandonou um bebé à porta dos bombeiros e Jack e Rebecca decidem fazer dessa criança o seu terceiro filho. A série alterna entre esta época em que as crianças estavam a crescer e o presente, onde eles já são adultos com responsabilidades. 

   À primeira vista parece uma história muito simples e superficial mas na verdade, não há título melhor do que "This is Us" para a mesma. Porque isto somos todos nós, os nossos dramas, as nossas vivências, os amores e desamores, a importância dos laços familiares, os segredos, a vida. É uma série que foi escrita de uma forma lindíssima por pessoas do quotidiano para os seus semelhantes e sem dúvida que já conquistou o meu coração.

080373.jpg

Culpada

 

   A arguida está formalmente acusada de se apaixonar indevidamente por um homem charmoso e inteligente, agindo contra todas as sua convicções de que o amor é um sentimento vil.
   Está também acusada de conquistar e seduzir este homem com todas as suas armas - mesmo as ilegais - e de demonstrar crises de ciúme agudas e violentas de cada vez que o indivíduo em causa dava a sua atenção a outro espécime do sexo feminino. Acusa-se ainda a arguida de desencaminhar o homem de uma carreira de sucesso com o recurso a um batom vermelho e a fazê-lo esquecer as suas obrigações com vestidos curtos e justos.

   A acusação inclui ainda o facto de a arguida fazer rir de forma repetida e sincera a vítima, ficando a observá-la longamente enquanto os crimes são perpetuados, sem demonstrar qualquer tipo de remorsos pela felicidade infligida. De notar que as infracções começaram por ocorrer no ano de 2013, tendo-se prolongado durante anos a fio, como já ficou provado graças às declarações de testemunhas indignadas, culminando com a troca de um beijo sedutor em meados do ano de 2017, ao qual o envolvido foi claramente coagido. A pena será ainda agravada uma vez que a arguida conseguiu quebrar a forte ligação entre a vítima e o seu clube do coração, o Benfica, tendo o homem chegado a afirmar, com certeza sob ameaça ou qualquer tipo de chantagem, que desejava que fosse o Sporting a ganhar o campeonato este ano. Deste feito, a arguida está condenada a dois anos de trabalho comunitário, estando obrigada a prestar assistência num centro de recuperação de amores impossíveis para românticos incuráveis cinco dias por semana. Está encerrada a audiência.

Pág. 2/2