Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

A América Profunda

   Aqui no Tennessee, 60% dos habitantes votaram no Trump nas últimas eleições americanas. Serão estes tipos conservadores de extrema direita, profundamente católicos, racistas, homofóbicos, a favor da pena de morte mas contra o aborto? Ou simplesmente desinformados, ansiosos por uma qualquer mudança brusca do sistema, cansados do mesmo? Sinceramente, não faço ideia. Política não é algo que se discuta muito por aqui. Sei no entanto que toda a gente cumprimenta o motorista do autocarro ao entrar e ao sair e que ele não arranca sem toda a gente estar sentada. Sei que ele espera por nós se nos vir a correr desenfreadamente na direcção dele. Sei que no supermercado todos os funcionários nos cumprimentam e a pessoa que está na caixa pergunta sempre como estamos. Sei que não há um único homem que não abra uma porta e deixe passar as mulheres primeiro. Sei que os clientes do hospital têm por vezes muita paciência para entender o que os estudantes internacionais tentam dizer. Sei que alguns deles até perguntam de onde somos e estão genuinamente interessados em saber mais sobre nós. Sei que uma pequena parte até nos dá abraços antes de se irem embora. Sei que sempre que um paciente oncológico falece, o serviço de oncologia envia um cartão personalizado para casa dos donos, assinado por todos. E muitas vezes, os próprios serviços recebem cartas de agradecimento, comida e até donativos. Sei que os médicos se preocupam com os estudantes e por vezes levam petiscos e doces para que eles não se esqueçam de comer durante o dia. Sei que apesar de haver uma hierarquia no que toca a tomar decisões e a fazer procedimentos, nunca ninguém pisa outro alguém para ganhar crédito como me disseram que aconteceria. Sei que aqui as pessoas se preocupam umas com as outras, são calorosas, generosas, capazes de respeitar as regras básicas para viver numa sociedade organizada. Vinda de um país que é considerado um dos mais amigáveis da Europa e famoso pelo seu acolhimento, nunca pensei chegar a outro sítio e deparar-me com ainda maior generosidade e hospitalidade. E é disso que eu mais estou a gostar aqui em Knoxville, das pessoas. E a política que se lixe.

generosity-840x420.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.