Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Culpada

 

   A arguida está formalmente acusada de se apaixonar indevidamente por um homem charmoso e inteligente, agindo contra todas as sua convicções de que o amor é um sentimento vil.
   Está também acusada de conquistar e seduzir este homem com todas as suas armas - mesmo as ilegais - e de demonstrar crises de ciúme agudas e violentas de cada vez que o indivíduo em causa dava a sua atenção a outro espécime do sexo feminino. Acusa-se ainda a arguida de desencaminhar o homem de uma carreira de sucesso com o recurso a um batom vermelho e a fazê-lo esquecer as suas obrigações com vestidos curtos e justos.

   A acusação inclui ainda o facto de a arguida fazer rir de forma repetida e sincera a vítima, ficando a observá-la longamente enquanto os crimes são perpetuados, sem demonstrar qualquer tipo de remorsos pela felicidade infligida. De notar que as infracções começaram por ocorrer no ano de 2013, tendo-se prolongado durante anos a fio, como já ficou provado graças às declarações de testemunhas indignadas, culminando com a troca de um beijo sedutor em meados do ano de 2017, ao qual o envolvido foi claramente coagido. A pena será ainda agravada uma vez que a arguida conseguiu quebrar a forte ligação entre a vítima e o seu clube do coração, o Benfica, tendo o homem chegado a afirmar, com certeza sob ameaça ou qualquer tipo de chantagem, que desejava que fosse o Sporting a ganhar o campeonato este ano. Deste feito, a arguida está condenada a dois anos de trabalho comunitário, estando obrigada a prestar assistência num centro de recuperação de amores impossíveis para românticos incuráveis cinco dias por semana. Está encerrada a audiência.