Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Desafio - Completando Frases

   A querida Simple Girl nomeou-me para responder a um desafio muito simpático, o que já não acontecia por aqui há algum tempo, e por isso vou já começar a responder!

 

Sou muito...tímida! É logo a primeira coisa que me vem à cabeça para responder porque sempre foi assim que me vi e sempre foi assim que os outros também me viram e é um adjetivo muito usado para me caracterizar.

 

Não suporto...injustiças. Pessoas que trabalham imenso para chegarem a algum lado e depois são passadas a ferro por outras que nasceram em berço de ouro e passam à frente porque têm as cunhas dos papás, por exemplo.

 

Eu nunca...vi o Star Wars. Ou melhor, vi os primeiros quinze minutos e depois não consegui ver mais. Detestei, não é mesmo a minha praia.

 

Quando era criança...queria ser escritora. Mas depois segui a área científica e deixei um pouco as letras de parte. Escrevo algumas coisas mas sei que não são boas o suficiente para um dia serem publicadas e também não tenho a coragem nem a inspiração suficientes para começar a escrever algo maior.

 

Neste exacto momento...estou a pensar nos bons momentos vividos nesta última semana que passou e a contar os dias para estar novamente com a minha cara metade.

 

Eu morro de medo...de morrer sem ter viajado pelo mundo inteiro.

 

Eu sempre...gostei de animais. Em pequena gostava muito de ir ao campo apanhar os ovos das galinhas, gostava de levar o porquinho da Índia da turma para casa durante as férias e pedia sempre um cão aos meus pais no Natal.

 

Se eu pudesse...viajava para sempre, em busca de novas culturas, paisagens de cortar a respiração, diferentes paladares, em busca de aventura.

 

Fico feliz quando...vejo pacientes voltarem para casa depois de chegarem até nós com um prognóstico reservado.

 

Se pudesse voltar no tempo...não mudava nada pois tudo o que fiz, disse e vivi trouxe-me onde estou hoje. Cometi erros, sofri, chorei de alegria e de tristeza, tive etapas da vida complicadas e outras maravilhosas mas não mudava nadinha. Apenas voltava no tempo para dizer à Rita do passado naqueles tempos mais difíceis que a vida lhe ia trazer coisas maravilhosas e que seria muito feliz.

 

Adoro...o oceano/ o mar. O som do rebentamento das ondas na areia, mergulhar por entre a espuma, toda a biodiversidade marítima, o cheiro, o sal que fica na pele...adoro!

 

Quero muito...que Setembro chegue rápido para poder ir de férias para a Ásia!

 

Eu preciso...de correr para manter a sanidade mental. A corrida tornou-se um hábito na minha vida e agora sou incapaz de passar mais do que alguns dias sem correr. Tento fazer três ou quatro treinos por semana mas às vezes também é preciso fazer uma pausa, como foi o caso nesta última semana, durante a qual não consegui correr nem um dia.

 

Não gosto de...pepino! Há alguém que goste de pepino?!

2 comentários

Comentar post