Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

É Noite Cerrada

   É noite cerrada, o mundo dorme. Mas por entre o denso arvoredo, para lá das montanhas sonolentas, vislumbra-se uma luz pouco segura de si própria, enfrentando solitária a escuridão. Debruçada sobre a secretária, escrevinha freneticamente num papel que vai afagando com a ponta de uma caneta barata. As palavras saem com uma velocidade tal que ela não tem tempo sequer de corrigir os erros que corrompem por vezes as frases melodiosas que se vão encaixando para formar um texto. Sentada numa desconfortável cadeira de palha, sente a dor do mundo nos seus dedos nodosos e o peso da responsabilidade sob a cabeça, onde alguns cabelos brancos começam a querer brotar. Finge o sentimento para descrever a emoção, as mãos trémulas, pensando nele (o muso, sempre o muso). Viaja para países onde nunca esteve mas que não precisa de conhecer para descrever com fervor as suas paisagens, para caracterizar com afinco as suas gentes, para lhes descobrir a saudade daquilo que um dia foram e o medo do que um dia poderão ser. É noite cerrada, o mundo dorme, ela escreve. E quando os primeiros raios de sol surgirem no horizonte, há uma luz que se apaga, por entre o denso arvoredo, para lá das montanhas já cobertas de neve. É o sonho que se extingue, até as estrelas repovoarem de novo os céus (e o muso, sempre o muso).

write-night.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.