Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Está Aberta a Época Cinematográfica

   Esta é a melhor altura do ano para ver filmes. Globos de Ouro na semana passada, Óscares no próximo mês, uma lareira e uma caneca de chocolate quente na mão e está tudo alinhado para uns óptimos fins-de-semana de preguiça. Como estive numa rotação mais calma, aproveitei para ver alguns filmes mais recentes e para pôr as minhas séries todas em dia. 

1. Fantastic Beasts. Estava à espera de poder ver este filme há muito, muito tempo. As expectativas eram muito altas, não estivesse este filme intimamente ligado aos do Harry Potter. Mas desiludiu um pouco. A história é interessante mas não cola. Distraí-me bastante enquanto via o filme, o suspense é pouco, não há momentos de verdadeira tensão. Ainda bem que estava lá o Eddie Redmayne para salvar um pouco a coisa. 

2. Nocturnal Animals. Eis um filmes que realmente me surpreendeu. Decidi ver porque o Aaron Taylor-Johnson ganhou o Globo de Ouro na categoria de actor secundário e foi avassalador. Quem escreveu este argumento merece um Óscar. E quem o adaptou ao cinema também. Este filme é uma obra prima, desde a fotografia ao desempenho dos actores. Recomendo vivamente.

3. The Girl on the Train. Não li o livro antes de ver o filme. Se o tivesse feito, era possível que tivesse achado o último fraco, uma vez que o livro foi um best seller muito falado por aí. No geral está bem conseguido. Gostei muito da prestação da Emily Blunt e não estava à espera da reviravolta no final que me deixou a bater palminhas de contente.

4. Touched with Fire. Conta a história de dois jovens bipolares que se apaixonam numa clínica psiquiátrica. Genial, absolutamente genial. Uma história tocante de dois seres humanos no limbo entre tomarem a medicação e perderem toda a sua criatividade ou viverem no seu próprio mundo, ostracizados pela sociedade.

5. Inferno. Mais um filme muito bem conseguido do Ron Howard com o Tom Hanks. Mas eu sou suspeita, "Anjos e Demónios" está no meu top 3 de melhores filmes de sempre.

6. The Light Between Oceans. Uma comovente história de um casal que vive isolado numa ilha e resgata uma bebé à deriva do mar, decidindo "adoptá-la" de forma ilegal, para alguns anos depois descobrir que a mãe biológica da criança nunca desistiu de a procurar. Performace soberba da Alicia Vikander.

7. Livro da Selva. Não preciso ter uma criança ao lado para ver um filme de animação de vez em quando. E na maioria das vezes não me arrependo. Desta vez não foi excepção e passei uma boa manhã a ver este filme divertido a apaixonante.

   E pronto, tenho-me mantido ocupada, como podem observar. Entretanto vou pacientemente esperando que saiam os nomeados para os Oscares deste ano...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.