Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Memórias de Viagem #3

   Comboio nocturno de Praga para Varsóvia. A Patrícia e eu entramos no compartimento que nos era destinado e sentamo-nos nos nossos lugares. Não escolhemos um com cama porque ficava mais caro. Já lá está um homem dentro do compartimento. Passados uns minutos, o homem finge que está a dormir e deixa-se "escorregar" pelo banco abaixo, até as mãos deles tocarem nos nossos pés. Afastamo-lo, um bocado desconfiadas. Ele finge que acorda estremunhado e pede desculpa. Passado pouco tempo, a história repete-se. O tipo não vai mais longe, só quer mesmo é tocar-nos nos pés e finge adormecer para o fazer. Ridículo. Rimos com a situação mas estamos preocupadas. Gritamos com o homem uma e outra vez mas ele faz-se de parvo. Claramente tem um fetiche por pés, algo que eu só tinha visto em séries (Sexo e a Cidadeee).

   Chamamos a senhora dos bilhetes para nos mudarmos de lugar. Não fala quase nada de inglês, não entende o que lhe dizemos. Refere que não há lugares vagos, que está tudo reservado. Enquanto a Patrícia fala com a senhora, eu decido pisar os pés do tipo, para lhe pagar na mesma moeda. E não é que ele gosta? Tanto que nem se mexe, no seu "sono profundo". Passamos uma noite horrível, sozinhas com o homem naquele compartimento. Mesmo com os pés para cima dos bancos, ele estica o bracinho e continua a fingir que dorme (estar a escrever isto agora e a relembrar é tão cómico!). Pelas cinco da manhã entra outra rapariga que ele não chateia. Uma vez, berrei tão alto ao homem que ela até deu um salto do assento, sem perceber o que se passava. Quando o sol nasceu, a carruagem ficou cheia de outros homens, e aí deixámos de ser importunadas.

   Escusado será dizer que andámos pelas ruas de Varsóvia tipo zombies e na noite seguinte, a caminho de Amesterdão, pedimos um compartimento com camas e dormimos a viagem toda. Há pessoas muuuuito estranhas neste mundo!

1973.JPGPraça do Mercado da Cidade Velha de Varsóvia

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.