Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Não tem nada a ver

   Na altura em que me candidatei para fazer este internato, fiquei a pensar se seria uma experiência parecida à que tive nos Estados Unidos ou se seria mais ao estilo do trabalho que tinha em Portugal desde Setembro.

   Nos primeiros três dias estive mais só a observar. Oficialmente, só comecei o internato no dia 25 e mesmo assim, na primeira semana ainda estou em integração. No entanto, logo no primeiro dia fui ver como é que funcionavam as cirurgias e passaram-me logo um bisturi para as mãos. Mais para o final do dia, sem saber bem como, estava a fazer esterilizações de gatas sozinha no bloco operatório, sem qualquer ajuda, sendo que de vez em quando vinha uma auxiliar perguntar se estava tudo bem.

   No segundo dia ensinaram-me a fazer uma abdominocentese (para quem não sabe, é retirar líquido da cavidade abdominal com uma agulha e um ecógrafo), deixaram-me treinar ecografias e como viram que eu já era uma profissional a colocar catéteres, vinham-me sempre pedir para treinar mais um pouco. Entretanto tenho visto de tudo um pouco, tenho utilizado vários meios de diagnóstico que não se usam muito em Portugal e acho que já aprendi mais aqui desde domingo passado do que no mês e meio que estive a trabalhar na Margem Sul.

   Sei que quando começar a fazer noites não vou poder estar tão presente durante o dia porque, pelo que tenho visto, há muitas urgências nocturnas aqui e a coisa sai um pouco fora de controlo para que depois seja possível não dormir durante uma boa parte do dia mas acho que vai ser um ano cheio de novas aprendizagens, experiências e trabalho. É bom poder trabalhar e aprender ao mesmo tempo porque a evolução profissional é muito importante neste ramo e acabamos por sair da faculdade com boas bases teóricas mas falta a sua aplicação prática.

   Portanto, após uma semana aqui posso já dizer que esta experiência não tem nada a ver com aquilo a que estava habituada em Portugal e que se assemelha um pouco mais ao estágio nos Estados Unidos, sem contar com o facto de aqui ter sempre duas ou três noites por semana para fazer. 

NUIT2.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rita 30.10.2017

    Yup, é bastante diferente!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.