Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Que se Fod*

Um dos últimos textos do Campeonato de Escrita Criativa. As instruções eram criar um diálogo entre duas personagens.

 

-Olha, que se foda...

-Avô! Essa palavra não se diz. É feia.

-Aqui entre nós, só não se diz à frente das crianças. E um dia ainda vais aprender que é uma das palavras com mais musicalidade da nossa língua.

-E quando é que a posso dizer sem levar com um chinelo na cabeça?

-Não tenhas pressa de crescer, rapaz. Enquanto chorares porque esfolaste um joelho ao tentar trepar por uma árvore, enquanto te zangares com o teu melhor amigo por passar o jogo todo à mama em frente da baliza, enquanto suspirares porque os trocos que tens no mealheiro não chegam para comprar mais cromos, enquanto detestares as miúdas e achares que um beijo na boca é o gesto mais nojento à face da Terra, enquanto fores indignado para a cama às nove da noite, enquanto ficares entusiasmado com o teu dia de aniversário com uma semana de antecedência, enquanto acreditares no Pai Natal...

-Mas eu já não acredito nisso.

-Mas devias. Quanto mais não seja para prolongares essa tua inocência de criança por mais algum tempo. A vida de adulto tem muito mais chineladas para dar do que o teu pai, por mais palavras feias que possas proferir. Por isso, olha...

-Que se foda!