Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Salvador

   Estava aqui a pensar, Salvador, que nunca te agradeci e que devia fazê-lo já, dado o teu frágil estado de saúde. Agradecer-te por teres ganho o Festival da Canção naquele treze de Maio, por teres trazido luz e alegria ao coração de tantos portugueses, por teres elevado o nome do nosso país bem alto. Não sabes quantas noites adormeci a chorar a ouvir a canção "Amar Pelos Dois". Eu própria também não sei. Mais do que te querer agradecer por teres trazido a taça para o nosso país, quero agradecer-te por teres interpretado com tamanha entrega esta música composta pela tua irmã e por me teres ensinado que não é possível amar pelos dois, não é saudável nem compatível com felicidade alguma. A melancolia transposta na canção é a prova disso e permitiu-me abrir mão daquilo que me estava a destruir por dentro, ainda que depois tenha voltado a cair no mesmo erro por mais algum tempo. Salvador, querido, não é possível amar pelos dois. Por mais que se queira, torna-se impossível remar contra a corrente de forma eterna. Obrigada pelo ensinamento e recupera depressa.

img_797x448$2017_05_13_21_37_11_226206.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.