Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Saudade

A cada gesto meu, uma saudade imensa. E cansa, sabes? Cansa tanto, a cabra da saudade.

No outro dia diziam-me que estava muito séria. Não podiam eles imaginar que pensava em ti, no que farias naquela hora de almoço atarefada. Os meus lábios estiveram quase para desenhar o teu nome e lançá-lo para o ar mas obriguei-me a permanecer em silêncio. Eles falam de ti, sabes? Uma ou outra vez, de forma casual, às vezes porque te viram, outras vezes só porque calha a tua pessoa vir à mente das outras (pergunto-me porquê, sem compreender). E eu vou absorvendo cada palavra, inspirando a melodia do teu nome a ressoar aos meus ouvidos, tentando extinguir esta saudade que me consome sempre que o ponteiro dos segundos pára porque é hora de respirar. A filha da mãe da saudade. Companheira dos dias soalheiros, mesmo que de noite teimes em penetrar no meu subconsciente. A desgraçada da saudade, atrapalhando cada sorriso mais sincero, apagando cada pensamento mais alegre, devorando cada raio de sol que ousa atravessar a escuridão de mais um dia vivido na tua ausência. Que puta de saudade esta.

5_formas_saudade.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.