Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Tarde Demais

   Quando percebi, era tarde demais. Tarde demais para gestos tão simples como preparar-te café e torradas antes de saíres a correr de manhã. Ou para gestos tão complexos como ajoelhar-me aos teus pés e depositar no teu dedo o anel de diamantes mais caro que pudesse comprar. Era tarde demais para nós antes de ser sequer tempo. Como um calendário que vai virando as páginas sem o ponteiro das horas avançar. Era tarde demais sem nunca ter sido cedo. Sem nunca ter sido tempo. Curiosamente, apercebi-me disso demasiado tarde. O brilho dos teus olhos congelou o passado. O aconchego do teu sorriso embaciou o futuro. E o presente ainda não tinha sequer chegado e já era demasiado tarde para ele. Quando percebi que te amava, era tarde demais.

quase-sempre-e-muito-cedo.jpg