Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Valensole

   Penso que todos nós já sonhámos pelo menos uma vez na vida com campos de lavanda a perder de vista ao pôr-do-sol. Se não sonharam fachabor de fechar já os olhos e fazê-lo.

   Desde que cheguei aqui ao sul de França que ansiava por viver esse sonho mas levou nove meses até que este se transformasse em realidade. A lavanda é um arbusto cuja flor começa a florescer em finais de Maio na Provence, e que depois é ceifado a meio de Julho para que o óleo da planta seja recolhido e a partir deste sejam fabricados produtos aromáticos, sabões e outros cosméticos, velas, saquinhos de lavanda, etc. Por a flor da lavanda ter um tempo de vida tão curto é que a experiência também se torna tão especial. Se uma pessoa não vai no intervalo daquele mês específico, bem que pode ficar mais um ano à espera.

   Mas aguardar vale a pena. Até porque o auge das flores da lavanda aconteceu precisamente quando o J. aqui esteve a passar férias, pelo que pudémos ir juntos e desfrutar de momentos muito românticos ao pôr-do-sol, por entre milhares de arbustos de lavanda que deitam um cheiro que nos invade o olfacto assim que saímos do carro, e na companhia de milhões e milhões de abelhinhas simpáticas (e atenção que eu tenho algum medo de abelhas). É claro que não éramos os únicos nos campos de lavanda mas para ser honesta achava que iria encontrar muito mais gente por lá quando o sol se pôs.

   O local onde estivémos chama-se Valensole (dizem que é o melhor para tirar boas fotografias porque tem umas árvores no horizonte e a lavanda está numa espécie de vale) mas existem outras localidades espalhadas pela Provence perfeitamente capazes de providenciar a mesma experiência. Foram umas horas que ficarão para sempre na minha memória e nem as fotografias fazem jus aqueles momentos.

estaaaaaa.jpg

 O meu namorado tem jeito para a fotografia. Esta quase dava para uma revista.

DSCF4362.JPG

 O zumbido das abelhas é uma constante e estranhamente muito agradável.

DSCF4384.JPG

O vale com as famosas árvores ao fundo.

 

DSCF4371.JPG

 Acho que tenho umas trezentas fotografias, algumas apenas com ângulos ou alturas diferentes.

DSCF4312.JPG

A aldeia de Valensole propriamente dita também é muito bonita e vale a pena visitar para quem passe ali perto.

 

2 comentários

Comentar post