Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Veneza

   Mais um fim de semana de três dias, mais uma oportunidade para fugir de Cannes e desta vez me encontrar em Veneza com os meus pais, que iam fazer um cruzeiro com início nesta cidade italiana. Veneza dispensa apresentações e, mesmo seis anos depois de lá ter estado pela primeira vez, continua a fascinar-me com as suas ruas estreitas, as pontes que cruzam os canais, a magia da Praça de São Marcos e as suas dezenas de igrejas.

   Estive lá em 2012 quando fiz o interrail e como o meu orçamento não dava para muito, limitámo-nos a explorar a cidade a pé e a visitar tudo o que era gratuito. Desta vez, e também porque estava com os meus pais, deu para fazer um passeio de gôndola, uma visita guiada à Basílica de São Marco e ao Palácio Ducal e um passeio às ilhas de Murano (conhecida mundialmente pelas suas famosas obras em vidro), Torcello (que chegou a ser a capital ali da zona e hoje em dia tem apenas onze habitantes) e Burano (famosa pelas casas coloridas dos pescadores que habitam a ilha). Foi sem dúvida também um fim-de-semana extremamente gastronómico, onde o gelado italiano, a pizza, as massas com frutos do mar e o tomate com mozzarella não puderam faltar.

IMG_20180525_165706.jpg

Os gelados Suso são provavelmente os melhores de toda Veneza e arredores

IMG_20180525_175439.jpg

Clássica foto para a Igreja de São Jorge

IMG_20180525_192237.jpg

Ponte dos Suspiros

IMG_20180525_200449.jpg

Ponte Rialto ao pôr-do-sol

IMG_20180526_173343.jpg

 A ilha de Burano

IMG_20180527_062845.jpg

Ponte Rialto vazia às seis da manhã

IMG_20180527_064311.jpg

Praça de São Marcos vazia às seis da manhã

 Depois do sonho italiano terminado, é hora de enfrentar mais duas semanas de realidade antes de rumar a Lisboa para as festas numa visita relâmpago e depois dar um salto à Bélgica e ao Luxemburgo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.