Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Villages du Lubéron

   Dos três dias que estive em viagem, visitei aldeias da região do Lubéron em todos eles. Dizem que nesta região ficam as aldeias mais bonitas de França e eu, mesmo não conhecendo quase nenhumas, já acredito. Para mim, Gordes é a aldeia mais bonita de todas. Depois também gostei muito de Roussillon, Bonnieux e L'isle-sur-la-Sorgue.

   O facto de ter ido em época baixa fez com que encontrasse estas aldeias completamente vazias e com muita coisa fechada, incluindo restaurantes, lojas de lembranças, galerias de arte e até mesmo hotéis. Se por um lado pude passear sem ter de fugir às multidões e tirar boas fotografias sem aparecer uma dúzia de japoneses nas fotos, por outro lado foi um pouco deprimente andar pelas ruas e não encontrar ninguém ou querer espreitar as lojinhas e não poder entrar.

DSCF3337.JPG

 Roussillon foi a primeira aldeia que visitei, onde pude também fazer uma espécie de trail de pouco mais de 1km chamado "Sentier des Ocres" (em baixo).

DSCF3291.JPG

DSCF3421.JPG

 Seguiu-se Gordes, que é considerada a aldeia mais bela deste país. Tem um miradouro não muito longe que realmente pode confirmar.

   Não longe de Gordes fica o Mosteiro de Sénanque, conhecido pelos seus campos de lavanda que são trabalhados pelos monges que habitam neste mosteiro. Infelizmente nesta altura do ano não havia lavanda e o cenário era um pouco triste.

DSCF3454.JPG

Fontaine de Vaucluse, onde se encontra a nascente do rio Vaucluse

20171123_130045.jpg

 L'isle sur la Sorgue

DSCF3614.JPG

 Algures na aldeia de Bonnieux

DSCF3630.JPG

 Passeando pelas ruas de Lourmarin

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.