Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Same Same But Different

Um blog repleto de ideias, textos, sonhos e aventuras de uma jovem maravilhada com o mundo em seu redor.

Voltei!

   Depois de algumas semanas de ausência, eis-me de regresso aqui ao blog! Desde a última vez que escrevi, muita coisa mudou, e a maior parte foi para melhor (e ainda bem). 

   2016 foi um ano incrível para mim, um dos melhores da minha vida. E 2017 não podia ter começado da melhor forma: em Nova Iorque, a ter uma experiência incrível no meio de outra experiência inesquecível como foi o Tennessee. E depois cheguei a Portugal e tudo começou a descambar devagarinho. O meu estágio no Instituto Gulbenkian não me motivava nada, passava muitos dias em casa porque só tinha de me deslocar a Oeiras dois dias e meio por semana, quanto mais tempo livre tinha, menos fazia, a tese não corria nada bem e a minha vida pessoal transformou-se numa autêntica telenovela. Comecei aos poucos a perder objectivos, a ficar mais triste e a deixar de me importar com o que ia acontecendo. Por outro lado, compensei nos treinos de corrida e comecei a intensificar os mesmos e a multiplicá-los, tanto que bati alguns recordes pessoais numa questão de poucas semanas e agora me vejo a braços com uma lesão na perna, que poderá ser uma fratura de stress (estou à espera de fazer ressonância na próxima semana...). No dia seguinte a terminar a "relação" na qual me fui meter sem pensar bem nas consequências, o meu mundo desabou. Foi a cereja no topo do bolo. Foi a pior semana da minha vida. Não me lembro de ter chorado tanto num dia só como naquela segunda-feira. Sair da cama para passear as cadelas foi muito difícil. Para ir trabalhar no dia seguinte foi ainda mais. Deixei de conseguir escrever aqui no blog. Ainda hoje há momentos complicados. Mas a vida avança e o tempo cura. E entretanto aconteceram muitas coisas boas:

-Arranjei forças para continuar com a tese e neste momento está quase concluída.

-Terminei o estágio no Instituto Gulbenkian.

-Voltei a estagiar no Hospital Veterinário de Berna e vou andar por lá até ao final deste mês. Sinto-me em casa.

-Fui ao Porto para um congresso de patologia animal e apresentei um Poster com o tema da minha tese.

-Fui às Jornadas da Medicina Veterinária na minha Universidade e isso deu-me mais motivação.

-Comecei uma operação "revenge body" e ando a comer melhor e a fazer exercícios em casa e já noto os músculos mais definidos. Para além disso comprei roupa nova, o que não acontecia há alguns anos por causa da minha mania de guardar os cêntimos todos para viajar e correr.

-Decidi usar o dinheiro do prémio de mérito que ganhei em Janeiro para ir duas semanas à Grécia em Julho, em vez de estar a guardar para mais tarde comprar um carro ou uma casa. Estou a precisar de sair daqui e a verdade é que nunca se sabe o dia de amanhã, por isso prefiro gastar o que tenho a viajar pelo mundo fora.

-Conclui a minha participação no Campeonato de Escrita Criativa apesar de ter pensado muitas vezes em desistir. Não fiquei tão bem classificada como no ano passado mas não foi um mau lugar e estou satisfeita com alguns textos que enviei.

   Estas últimas semanas foram um fase turbulenta da vida que quero deixar rapidamente para trás. Aos poucos começo a ganhar de novo objectivos e a traçar planos para o futuro. Não sei se devia ter recorrido a ajuda profissional quando a coisa ficou negra mas sei que ainda vou a tempo, se não for capaz de lidar com todas estas emoções sozinha. Der por onde der, e como já dizia o Éder, "vai correr tudo bem, vai correr lindamente". Acima de tudo, voltei a sorrir:

20170602_190219.jpg

4 comentários

Comentar post